NOTÍCIAS

SP Escola de Teatro abre 66 vagas nos cursos técnicos





Os oito cursos têm dois anos de duração e são totalmente gratuitos; há vagas reservadas para pessoas negras, indígenas e com deficiência



Os estudantes podem se inscrever em cursos nas áreas de Atuação, Cenografia & Figurino, Direção, Dramaturgia e Humor

O processo seletivo para aulas neste segundo semestre de 2024 da SP Escola de Teatro está aberto. São 66 novas vagas em oito cursos técnicos com dois anos de duração cada e aulas gratuitas. O prazo para se inscrever termina às 17h do dia 2 de junho, exclusivamente pela internet, no site da Fundatec: www.fundatec.org.br.

O Centro de Formação das Artes do Palco é uma instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Governo de São Paulo, idealizada e gerida desde 2009 pela Associação dos Artistas Amigos da Praça (Adaap).

Dentre as linhas de estudo estão: Atuação, Cenografia & Figurino, Direção, Dramaturgia, Humor, Iluminação, Sonoplastia e Técnicas de Palco. Os estudantes também podem aplicar para a bolsa mensal do Programa Oportunidades, o pilar da escola que se baseia na permanência estudantil e em projetos sociais de contrapartida.

As aulas do curso técnico acontecem presencialmente nos períodos matutino (de segunda a sexta, das 9h às 13h; com eventuais atividades aos sábados); ou vespertino (de segunda a sexta, das 14h30 às 18h30; também podendo acontecer aos sábados), totalizando uma carga horária de 480h  por módulo e 1.920h no total, após dois anos.

A taxa de inscrição no edital é de R$ 93,50, sendo possível solicitar isenção ou redução do valor, com prazos e regras descritas no edital. Os cursos técnicos da SP Escola de Teatro possuem reconhecimento do Ministério da Educação (MEC) e a certificação permitirá aos estudantes o encaminhamento direto ao Ministério do Trabalho para solicitação do DRT. Há vagas afirmativas para pessoas negras, pessoas com deficiência e indígenas.

Cronograma de seleção
A seleção para o curso técnico da SP Escola de Teatro é dividida em dois momentos, ambos classificatórios e eliminatórios. O primeiro momento consiste na participação de entrevistas por vídeo chamada e uma prova de redação on-line. Os aprovados seguem para avaliações específicas da área escolhida na inscrição, com dinâmicas que podem ser individuais ou em grupo – de acordo com as linhas.

O resultado final do Processo Seletivo do segundo semestre de 2024 será divulgado em 22 de julho, com inicio das matrículas nos dias 24 e 25 de julho. A data para o começo do semestre letivo está programado para 3 de agosto.

Os candidatos devem ficar atentos às datas e prazos especificados no edital inicial, além de checar periodicamente a área de editais do site da SP Escola de Teatro para resultados, avisos e novas instruções, de acordo com os prazos estipulados no edital inaugural. Dúvidas ou questionamentos devem ser encaminhadas exclusivamente para a Fundatec.

Sobre a SP Escola de Teatro

A SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco é uma instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, considerada a maior instituição educacional de teatro da América Latina. Idealizada pela Associação dos Artistas Amigos da Praça (ADAAP), instituição responsável pela gestão e organização da escola, tem como objetivo prioritário do projeto a formação de artistas nas diversas áreas das artes do palco: atuação, cenografia e figurino, direção, dramaturgia, humor, iluminação, sonoplastia e técnicas de palco.

Desde a sua fundação, a entidade tem desenvolvido importantes projetos artísticos e pedagógicos relativos ao teatro, audiovisual e às artes correlatas. Além disso, ao longo de toda a sua trajetória buscou desenvolver políticas inclusivas e de acessibilidade para os setores mais vulneráveis da sociedade. Ela é uma das pioneiras na empregabilidade trans e com cerca de 10% do quadro de colaboradores formado por pessoas que não se identificam com a cisgenaridade.

A programação da SP Escola de Teatro converge sempre para a interdisciplinaridade do campo artístico contemporâneo por meio de pensamento e investigação prática: na vivência global das artes do palco, intercâmbios culturais, ações pedagógicas e mostras culturais. Promove-se uma nova experiência no mercado de trabalho, fortalecendo o trânsito entre áreas e comunidades tradicionalmente com pouco acesso ao teatro.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap