NOTÍCIAS

PM Ambiental dobra fiscalização de madeira ilegal e resgata mil animais a mais em 2023





Também houve aumento nas inspeções de pesca, ações em áreas rurais e nos autos de infração



Realizando um trabalho essencial na preservação das riquezas naturais do Estado de São Paulo, a Polícia Militar Ambiental encerrou o ano de 2023 com crescimento em ações em áreas rurais, nas fiscalizações de pesca e do comércio e transporte de madeira ilegal, na aplicação de autos de infração e no resgate de animais. As ações no combate a crimes ambientais tiveram participação fundamental da população, que realizou 69,5 mil denúncias ao longo do ano.

De janeiro a dezembro do ano passado, foram realizadas 85,4 mil intervenções policiais, que resultaram em 18,2 mil autos de infração, aumento de 1,1% em relação ao mesmo período de 2022. Em áreas rurais, o número de ações passou de 9,5 mil para 15,9 mil ações em 2023, crescimento de 66,3%. Nas unidades de conservação, foram desempenhadas 2,6 mil atividades.

As fiscalizações de comércio e transporte de madeira ilegal dobraram em um ano, de 1,1 para 2,2 mil, sendo apreendidos 16.367 metros cúbicos. Além disso, foram apreendidas 142 máquinas e caminhões utilizados em atividades ilegais relacionadas à flora. No combate ao comércio ilegal de palmito-juçara, 9.427 unidades “in natura” foram retiradas das mãos daqueles que desrespeitam a natureza.

Visando garantir a pesca sustentável, o combate a práticas predatórias e o uso de técnicas e equipamentos ilegais, foram realizadas 54% fiscalizações de pesca a mais em 2023, passando de 6,3 mil para 9,7 mil. O compromisso com a vida selvagem resgatou do tráfico, do comércio ilegal e de cativeiros clandestinos 21 mil animais, mil espécimes a mais do que em 2022. Também foram realizadas 1.728 inspeções em criadores de passeriformes, reforçando a proteção às aves silvestres.

Para o comandante do Policiamento Ambiental, coronel PM Dinael Carlos Martins, os números positivos representam a eficácia das operações e a postura incisiva da PM Ambiental diante das infrações ambientais.

“Cada intervenção, cada ação, é um testemunho do compromisso incansável de nossos bravos homens e mulheres em proteger nosso meio ambiente, garantindo a segurança de todos nós. Estamos defendendo não apenas as leis, mas o futuro de nossas gerações”, disse o comandante.

Além disso, foram retiradas de circulação 351 armas de fogo ilegais, contribuindo diretamente para a redução da caça ilegal e do uso de armas em atividades criminosas.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap