NOTÍCIAS

Arquivo Geral da Cidade começa pós-graduação lato sensu gratuita – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

O Arquivo Geral da Cidade –
Fabio Motta / Prefeitura do Rio

O Arquivo Geral da Cidade, em parceria com o Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IESP/UERJ), promoveu no Palácio da Cidade, nesta segunda-feira (06/11), a aula inaugural do curso de pós-graduação sobre política e sociedade, com ênfase em história da cidade do Rio de Janeiro. A aula inaugural foi ministrada pelos doutores Rosa Maria Araújo, presidente do Arquivo, e Chystian Lynch, professor do IESP.

O curso é inteiramente gratuito para os alunos aprovados na seleção feita em setembro. A Prefeitura do Rio será responsável pelos custos de toda a pós-graduação lato sensu. A presidente do Arquivo Geral da Cidade celebrou a aula inaugural e parabenizou a turma selecionada pela banca.

– O curso terá um ano de duração e será ministrado por professores do Arquivo e do IESP, com conteúdos exclusivos sobre a história do Rio. Ao fim do curso, os alunos produzirão monografias sobre a história da cidade, construindo ainda mais conhecimento – afirmou Rosa Maria Araújo.

A aula inaugural teve a presença do secretário municipal de Cultura, Marcelo Calero, do coordenador de Pós-Graduação do IESP, José Eduardo Szwako, e do pró-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da UERJ, professor Luis Antonio Campinho Pereira da Mota.

– A aula inaugural de hoje marca a materialização de um projeto: recuperar a esperança e o orgulho de pertencimento do carioca e encontrar uma forma de resgatar a razão de ser da cidade. O Arquivo Geral conseguiu um papel fundamental nisso, funcionando como lugar de memória e, ao mesmo tempo, de produção do conhecimento – disse Calero.

O objetivo da pós-graduação é garantir aos alunos uma formação de excelência em sociologia e política para estudar a cidade do Rio e conhecer mais profundamente a sua história. As aulas serão realizadas nas dependências do Arquivo Geral da Cidade do Rio.

O professor Luis Antonio Campinho Pereira da Mota, que representou a UERJ, exaltou a parceria com a Prefeitura do Rio:

– É nossa função, como centro de ciência e pensamento, contribuir para o bem da sociedade fluminense, compartilhando saber e conhecimento. Daremos todo o suporte necessário para esta parceria.

Com aulas de História, Sociologia, Ciência Política, Economia e Relações Internacionais, o curso está organizado em catorze disciplinas, em três módulos: Democracia e estado; Esfera pública e sociedade civil; e Desigualdades e trabalho. A carga horária é de 375 horas.

Chrystian Lynch, professor do IESP, destacou a importância de um curso que incentive o estudo do município:

– Todas as cidades ou estados têm programas de estudo sobre si mesmas. Habituado a pensar o Brasil, o Rio de Janeiro não dispunha de um único curso de especialização ou mestrado que o ajudasse a conhecer a si mesmo em perspectiva global. Sem informações adequadas, reunidas e centralizadas não é possível formular uma estratégia global realista de recuperação do status privilegiado da cidade no cenário nacional. É preciso saber para agir.

Categoria:

  • 6 de novembro de 2023
  • Marcações: Arquivo Geral da Cidade Prefeitura do Rio prefeitura do Rio de janeiro