NOTÍCIAS

Agência Minas Gerais | Profissionais da saúde são capacitados para o atendimento aos pacientes queimados

Letícia Freitas


A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), em parceria com a Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ), capacitou, durante os meses de outubro e novembro, 400 profissionais de saúde de Belo Horizonte, Uberlândia e Montes Claros, por meio do Curso Nacional de Normatização do Atendimento ao Queimado (CNNAQ).

A capacitação faz parte da estratégia de organização da assistência integral ao paciente queimado e está prevista na Deliberação CIB-SUS/MG nº 4.409, de 18 de outubro de 2023. A iniciativa representa uma continuidade e fomento à estruturação da Linha de Cuidado e Assistência ao Paciente Queimado.

Oferecido exclusivamente pela SBQ, referência nacional em assistência ao paciente queimado, o curso foi realizado em formato presencial e teve carga horária de 16 horas, divididas em dois dias. As aulas foram customizadas para atender às necessidades assistenciais dos participantes, utilizando recursos didáticos variados, com exposições teóricas, discussões de casos clínicos e simulação realística.

O curso foi ministrado a médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, terapeutas ocupacionais e profissionais das Centrais Regionais de Regulação Assistencial, e incluiu desde o atendimento inicial, às peculiaridades em pediatria, manejo da dor, cuidados com as feridas, tratamento cirúrgico, atendimento em catástrofe e prevenção de queimaduras, entre outros temas.

Letícia Fernanda Cota Freitas, enfermeira e coordenadora de Gestão de Cuidados Intensivos Hospitalares da Diretoria de Atenção Hospitalar e de Urgência e Emergência da SES-MG, explica que a iniciativa busca normatizar as condutas relacionadas aos pacientes queimados tanto adultos quanto crianças.

“Os pacientes queimados necessitam de uma atenção integral e multidisciplinar. Nesse sentido, a SES-MG também está organizando a rede de atenção com a divulgação de diretrizes para a organização dos Centros de Tratamento de Queimados”, salienta.

Segundo a coordenadora, a capacitação dos profissionais da saúde, em locais diversos e até distantes geograficamente, fará com que o conhecimento adquirido seja replicado e compartilhado pelos profissionais daquelas regiões.

“Nosso objetivo é que os profissionais então certificados sejam também multiplicadores em seus territórios”, conclui.

Investimentos

O Governo de Minas vai investir R$ 23 milhões na estruturação dos Centros de Tratamento de Queimados (CTQ) na Rede de Atenção às Urgências e Emergências para viabilização e qualificação da assistência aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) no estado.

O projeto prevê a estruturação, por meio da aquisição de equipamentos, de sete CTQ Porte III e de nove CTQ Porte II. Para fortalecer a assistência integral ao paciente queimado e melhorar o acesso a serviços especializados, também foram atualizadas as diretrizes, regras gerais e o incentivo de custeio de cofinanciamento da Linha de Cuidado de Assistência ao Paciente Queimado na Rede de Atenção às Urgências e Emergências, por meio da Deliberação CIB-SUS/MG nº 4.409, com previsão de repasses anuais na ordem de R$ 77 milhões.