FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
12/09/2018   

Beto Richa, (o Sérgio Cabral do Paraná) sobre propina: 'já entrou um tico-tico lá que tava atrasado, obrigado'

Beto Richa, Fernanda Richa, Suplente do Alvaro Dias e uma cambada de Jaguaras caíram na Operação Rádio Patrula do GAECO acumulada com a Operação Piloto da Lava Jato.

VEJA, TAMBÉM>>> Ratinho Jr e Cida Borghetti tentam tirar o deles da reta e fazem de conta que nunca estiveram com o Richa

Se essas operações confirmam o caráter bandido e propineiro de Beto Richa, então, a Operação Quadro Negro, sobre os desvios multi-milionários na Educação, e que foi sabotada a todo o momento, também confirma que Richa roubou o Estado para fazer campanha, tipo Sérgio Cabral no RJ.

Vale lembrar que o filho de Richa, Marcello Richa, que concorre a deputado estadual, teria ganho um apartamento em forma de propina, conforme delação do Ex-comparsa de Richa, Fanini, na Operação Quadro Negro.


REVEJA>>> Cúpula do governo Richa metida em desvios de R$ 20 milhões da Educação no Paraná

REVEJA>>> Acusado por Fanini de ter ganho um apartamento, Marcello Richa pedala pra tentar ser deputado


BLOG DO FASUTO-ESTADÃO: No áudio, Tony pergunta a Richa se tem falado com o empresário Celso Frare, um dos suspeitos de integrar o esquema de fraude à licitação. “Ele não acertou o negócio aí”, diz o doleiro a Richa.

A DECISÃO COMPLETA

O tucano responde. “Ah! Ele me agradeceu, “já entrou um tico-tico lá que tava atrasado, obrigado””. Em outro trecho, o ex-governador menciona que se trata de um suposto repasse. “Ele sabe que tá difícil sair, já pagaram uma parte… Bão…”.

O magistrado ainda menciona que ‘há diversas menções ao investigado Beto Richa em gravações de conversas de outros investigados, citando-o no contexto dos crimes’.

“Some-se a isso o fato dos eventuais delitos terem sido praticados sob a estrutura do seu Governo, no denominado programa “Patrulha do Campo”, com o envolvimento de seus principais homens de confiança. Por fim, há indícios da prática do delito de lavagem de dinheiro em seu benefício e mediante a utilização de empresas da sua família”, escreveu o magistrado.

LEIA A TRANSCRIÇÃO DA CONVERSA:
“(…)
TONY: Você tem falado com o CELSO FRARE?
BETO: Falei.
TONY: Quando?
BETO: Falei, anteontem.
TONY: Aonde?
BETO: No almoço na casa dos DE LARA. Com o EDUARDO
CAMPOS… Mas assim, de receber, falar sozinho, não.
TONY: Ele não acertou o negócio aí.
BETO: Ahn?
TONY: Ele não acertou o negócio aí.
BETO: Ah! Ele me agradeceu, “já entrou um tico-tico lá que tava
atrasado, obrigado”.
TONY: Isso.
BETO: Ele sabe que tá difícil sair, já pagaram uma parte… Bão…
TONY: Isso… Só que ele não pagou a parte que tem que pagar.
BETO: Se bobear, se não for pra cima, nós não…
TONY: Isso.
BETO: É você que ficou encarregado?
TONY: É eu que fiquei.
BETO: Então vai pra cima!
TONY: Vou pra cima, vou falar pra ele…
BETO: Eu não vou cobrar ele.
TONY: Não, você não pode! Nem você nem o PEPE.
BETO: Não sei de nada.
TONY: Deixa, você tem que ficar quieto. Fica na tua. Eu vou lá
falar com ele… O outro que eu tô pegando, firme, que também que é o mais que tá
recebendo e que não tá acertando, é o CASAGRANDE também. Já peguei ele também.
E agora pedi pro EZEQUIAS me ajudar. “EZEQUIAS só fala pra ele o seguinte ó, que
ele tem que fazer o que tá combinado com o PEPE”. O que ele tem que fazer. É o que
eu vou fazer com o CELSO e com o JOEL agora também. Entendeu?


 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



MORO MINISTRO

SÉRIE SOBRE EUA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X