FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
26/06/2018   

Moro contesta STJ e pede que inquérito contra Beto Richa (PSDB) fique em Curitiba

O STJ, alegando mero caixa 2, mandou o inquérito do renunciado governador do Paraná, Beto Quadro Negro Lava Jato Richa (PSDB) para ao TSE.

Moro diz que não se trata de mero caixa 2 e que, por isso, o TSE deve devolver o inquérito para a 13ª vara federal em Curitiba.

VEJA, TAMBÉM>>> Governadora anuncia obra de 'recape em estrada de Terra, onde nunca teve asfalto'

G1 - no despacho, Moro afirma que a competência é da Justiça Federal e não da Justiça Eleitoral. "Não se trata de mero caixa dois de campanha", afirmou o juiz, que é o responsável pelos processos da Operação Lava Jato na 1ª instância.

O inquérito apura suposto caixa dois, por parte da Odebrecht, nas campanhas eleitorais de 2008, 2010 e 2014.

Para o juiz, houve pagamento de vantagens financeiras por solicitação de agente público – o ex-chefe de gabinete de Beto Richa, Deonilson Rodo.

Há indícios, de acordo com Moro, de "contrapartida à vantagem financeira", ou seja, de corrupção.

Moro diz que, mesmo que "seja prematura qualquer conclusão antes do encerramento das investigações", há prova de que os pagamentos em 2014 tiveram "presente contrapartida específica".


E MAIS>>>

Deputado acusado na Operação Pecúlio e que recebeu dinheiro de empreiteiras da Lava Jato quer ser governador do Paraná


 


 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



HISTÓRIA DE VERDADE

SOJA COM BOSTA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X