FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
13/03/2018   

Paraná: PF prende 20 jaguaras por desvios multi-milionários na UTFPR

ATUALIZADO EM 14-03-2018

A esquerda cleptocrata fazendo história nas cadeias pelo Brasil>>>

PF e cana dura nos jaguaras, não importa se esquerda ou direita>>>

Os meliantes posavam de 'maiorais' com bens de luxo, carrões, barcos, motos e correntes de prata e ouro penduradas no pescoço, vide vídeo abaixo, como imbecis que são, mas a PF acabou com a marajíce desses ladrões do dinheiro público.

A PF deflagrou a 'Operação 14 Bis' e pegou 20 jaguaras, cadelões, ladrões descarados metidos em desvios de mais de R$ 5,7 milhões de reais na UTFPR, antigo CEFET, no Paraná.

De acordo com os Delegados Federais,  no total, foram para jaula os Ex-diretores da UTFPR de Cornélio Procópio, empresários e 11 laranjas do esquema de corrupção.

Os marginais vão responder pelos crimes de associação criminosa, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, crimes contra o processo licitatório, sem prejuízo de outras implicações penais a serem constatadas.

Foram apreendidos seis carros, uma motocicleta de alto padrão, joias, quatro armas, uma lancha, um barco, um jet ski, 27 mil dólares em espécie e documentos relacionados às fraudes investigadas e mais bens que somam os R$ 5,7 milhões.  (Com informações de G1) (Texto editado: Emerson Rodrigues, FCSBR)

NOTA DA UTFPR

A Reitoria da UTFPR esclarece que, tão logo recebeu as denúncias de irregularidades no câmpus, no segundo semestre de 2015, deu início às apurações por meio da auditoria interna da instituição e afastou os servidores envolvidos nas acusações.

A partir das investigações internas, foram abertas sindicâncias e processos administrativos, que resultaram nas demissões do então diretor de Planejamento e Administração do campus Cornélio Procópio, Sandro Rogério de Almeida, e do então diretor-geral do Câmpus, Devanil Antonio Francisco.

Cabe destacar, portanto, que a UTFPR tomou todas as providências de sua competência para que o patrimônio e a moralidade da administração pública fossem preservados. A Universidade reitera que continuará contribuindo para que as investigações sejam realizadas de forma rápida, efetiva e dentro dos preceitos do Estado Democrático de Direito.

(Mais informações sobre essa paulada da PF nos ladrões da UTFPR do Norte do Paraná, aqui, se quiser)

Com vídeo de Cidade Alerta-Londrina





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



MÉDICO QUEBRA TUDO

CHINA CORRUPTA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X