FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
09/02/2018   

Idealizado por Pauliki, Instituto do Câncer dos Campos Gerais, receberá R$ 20 milhões

Combate ao Câncer nos Campos Gerais, Paraná>>>

Entre 2018 e 2020 serão aplicados mais de R$ 20 milhões no ICCG>>>

Enquanto alguns políticos só aparecem no ano eleitoral para posarem em fotos pegando carona no trabalho de outros, o deputado estadual, Márcio Pauliki, está colhendo os frutos do seu trabalho de anos anteriores como parlamentar, ou seja, como empregado do povo. São milhões de reais em emendas reais, que chegam à população não apenas de PG mas de várias cidades do Estado e idealizações que se tornam práticas em benefício da população como o ICCG>>>

Em eventos realizados na última segunda-feira (05), em Ponta Grossa, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e a vice-governadora Cida Borghetti destacaram a importância da implementação do Instituto do Câncer dos Campos Gerais (ICCG), que foi idealizado pelo deputado estadual Marcio Pauliki. O ICCG está sendo implantando no Hospital Regional Universitário de Ponta Grossa.

O ministro Barros ressaltou que o Instituto é fundamental para os serviços oncológicos de toda região e que se tornará referência para todo Brasil. Ele também destacou, na oportunidade, outros recursos que estão sendo disponibilizados para a saúde de todo o Paraná. “Nós temos complementado os recursos do estado. Já fizemos R$ 300 milhões de credenciamento de serviços que anualmente serão somados aos serviços aplicados pelo Paraná”, afirmou.

Barros afirmou ainda que o governo federal vem implantando equipamentos para atendimento de tumores em todo o país. “Estamos investindo recursos programáticos para que a gente possa alcançar ainda mais a cura e o diagnóstico precoce de câncer”, disse.

A vice-governadora Cida Borghetti destacou que Pauliki já disponibilizou, via emendas parlamentares, R$ 2 milhões para a 1ª fase do ICCG e que agora pleiteia mais 8 milhões para a 2ª fase que é a construção de seis novos centros cirúrgicos e 25 novos leitos – os quais servirão para todas as cirurgias eletivas, inclusive as cirurgias oncológicas.

“Ponta Grossa é uma cidade que atende toda região dos Campos Gerais e é preciso elevar cada vez mais a qualidade, investir nos hospitais, que vai desafogar os outros centros. Além do mais, dará conforto aos pacientes que não precisarão ficar viajando e terão um serviço médico de qualidade aqui na cidade”, ressaltou Cida.

A primeira fase do Instituto do Câncer foi apresentada em novembro e nesse momento os recursos conquistados por Pauliki serão destinados a construção da Farmácia Oncológica e para o Centro de Tratamento de Leucemias e Linfomas (CTL) que terão 12 leitos e sete cadeiras de infusão. As famílias de pacientes também terão à sua disposição a Casa da Acolhida – um ambiente acolhedor, com sala de estar, cozinha comunitária, onde as famílias poderão pernoitar e aguardar o tratamento.

Entre 2018 a 2020 serão aplicados mais 20 milhões de reais para a conclusão de todas as fases do projeto que inclui a construção do Instituto da Criança que tornará a região referência também em oncologia pediátrica e residências médicas em todos os setores da área (Com Assessorias)





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



JUSTIÇA NÃO SE RESPEITA

ROCK COM MARCELO NOVA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X