FCS Brasil
Garagem Brasil
28/06/2015   

Raul Seixas, mais vivo do que nunca mesmo 25 anos após sua partida desta Terra

"E lá vou eu de novo, um tanto assustado com Alibabá e os quarenta ladrões'....

RAUL SEIXAS, ENQUANTO EXISTIRMOS NESSE UNIVERSO, ESTAREMOS LIGADOS EM PENSAMENTO, TODOS POR UMA COISA QUE JÁ SE REALIZOU HÁ MUITO TEMPO MAS AS PESSOAS AINDA NÃO SABEM: A SOCIEDADE ALTERNATIVA. (EMERSON RODRIGUES, PARA OS BLOGS DA MÍDIA LIVRE)

Se ainda estivesse aqui fisicamente, o cantor e compositor Raul Seixas (1945-1989) estaria completando neste 28 de junho 70 anos de idade e entrando assim numa etapa da vida em que já encontram – ou estão em vias de ingressar – vários contemporâneos seus, igualmente ídolos da música popular brasileira.

Como nos versos de um de seus primeiros sucessos, poderia continuar sendo “uma metamorfose ambulante”, sem ter “aquela velha opinião formada sobre tudo”. Ou então, contradizendo o que pregava para si mesmo na letra de outra canção, Ouro de Tolo, estar sentado “no trono de um apartamento, com a boca escancarada cheia de dentes, esperando a morte chegar”.

Morto prematuramente há quase 26 anos, Raul Seixas é um mito que permanece vivo e que a cada dia conquista novos fãs. É um ícone do rock brasileiro, que sucessivas gerações cultuam de forma espontânea, sem nenhuma estratégia de marketing neste sentido, como é comum nas últimas décadas com diversos ídolos do cenário pop mundial.

“Eu não tenho medo de morrer. Tenho medo de que me esqueçam”, disse Raul em uma das inúmeras fitas que deixou em seu famoso baú.

Como acontece com muitos artistas, Raul Seixas tinha medo de ser esquecido e preocupado com a posteridade cultivava o curioso hábito de se autoentrevistar, gravando essas entrevistas em fitas de rolo ou cassete.

Hoje os escritos e depoimentos gravados do “maluco beleza” percorrem o Brasil na voz do ator Roberto Bontempo, que há 15 anos encena o espetáculo Raul fora da lei – a história de Raul Seixas. A peça é um musical diferente, em que não há o texto de um autor para contar a história do artista. E há uma inifnidade de covers, filmes e documentários sobre Rauzito, assista abaixo, se ainda não assistiu e conheça um pouco mais sobre esse Mito da Música Brasileira que jamais morrerá! (Com Agência Brasil)

ASSISTA: O INÍCIO, O FIM E O MEIO

 



COMENTE ESTE E OUTROS POSTS NA FAN PAGE OFICIAL NO FACEBOOK: www.facebook.com/fanpageoficialfolhacentrosul








Espaço livre, alternativo e independente destinado a exposição de  talentos da música brasileira e mundial, também, para divulgar as boas coisas da Cultura Brasileira e mundial, bem como rever grandes obras de velhos ídolos que fizeram e ainda fazem [+]Leia Mais

Arquivos

2017

2016

2015

Dezembro

Novembro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2014

Mídia Do Povo Brasileiro!

Mídia Do Povo Brasileiro!

×

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

[email protected]

X