FCS Brasil
Eli Corrêa Fernandes
17/03/2013   

PRUDENTÓPOLIS, FINALMENTE COMARCA INTERMEDIÁRIA

Uma reivindicação justa e antiga foi atendida e finalmente torna-se realidade: a implantação da 66ª Seção Judiciária, onde Prudentópolis passa de Comarca de Entrância Inicial para Comarca de Entrância Intermediária. Não era mais aceitável que a nossa Comarca com volumoso número de processos cíveis e criminais, em suas especialidades e desdobramentos, continuasse sob a responsabilidade tapenas de um Magistrado que, naturalmente, jamais teria condições fáticas e reais de vencer toda essa demanda de processos. A luta para elevar a nossa Comarca de Inicial para Intermediária começou há vários anos. Foi uma verdadeira cruzada, apartidária, que congregou várias pessoas na última década e que acabou culminando com o sucesso da empreitada no último ano de 2012. Para não cometer injustiças não citarei nomes, mas afirmo que dezenas de pessoas deram a sua parcela de colaboração e insistência para que este movimento desse certo. E quem saiu ganhando com essa elevação do nível para Comarca Intermediária foi a população da região de Prudentópolis que passa, agora, a contar com mais Juízes e Promotores para atuar na área da prestação jurisdicional, atendendo e deliberando sobre as postulações que são encaminhadas diariamente à Justiça, seja na parte criminal, cível, no direito de família, infância e adolescência, questões de terra, contratos, herança, etc. Constato e repasso aos prezados amigos que a nossa 66ª Seção Judiciária, Comarca Intermediária de Prudentópolis, já tem designado como JUIZ DE DIREITO titular da VARA CÍVEL e ANEXOS o Dr. RICARDO ALEXANDRE SPESATO DE ALVARENGA CAMPOS, que vem da Comarca de Marilândia do Sul. E como JUÍZA DE DIREITO titular da VARA CRIMINAL e ANEXOS, a Dra. ANA CAROLINA BARTOLAMEI RAMOS, que vem da Comarca de Coronel Vivida. E temos já atuando em nosso meio, no Fórum, as PROMOTORAS DE JUSTIÇA, Dra. AYSHA SELLA CLARO DE OLIVEIRA com atividade específica nas áreas de Proteção ao Patrimônio Público, Vara Cível, Fundações e Terceiro Setor, Proteção à Saúde Pública, Defesa do Consumidor, Direitos Constitucionais, Defesa dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência, 50% da Vara Criminal (final impar), 50% da Execução Penal (final impar), e 50% do Juizado Especial Criminal (final impar). E a Dra. SÍLVIA GALESI CAMPELO com atribuição direcionada nas áreas de Infância e Juventude, Educação, Vara de Família, Proteção ao Meio Ambiente, Controle Externo da Atividade Policial, Proteção aos Direitos do Idoso, 50% da Vara Criminal (final par), 50% da Execução Penal (final par), e 50% do Juizado Especial Criminal (final par). De minha parte como profissional do Direito só me resta depositar e externar um voto de confiança na atuação destes Membros do Poder Judiciário e do Ministério Público do Estado do Paraná, esperando que correspondam à expectativa da população de prestação de uma justiça mais ágil. Parabenizo aqui a Juíza de Direito Substituta, Dra. Lidiane Rafaela Araújo Martins que muito se esforçou no desempenho do seu trabalho à frente da nossa Seção Judiciária atendendo Prudentópolis, Imbituva e Ipiranga.



COMENTE ESTE E OUTROS POSTS NA FAN PAGE OFICIAL NO FACEBOOK: www.facebook.com/fanpageoficialfolhacentrosul








Advogado inscrito na OAB/PR sob nº 007155, formado pela PUC/PR. Egresso do movimento estudantil secundarista (UPES) e universitário (DCE-Puc, 1o Presidente eleito pelo voto direto - em 1974). Quando universitário, Assessor Especial do Secretário de Justiça do [+]Leia Mais

Arquivos

2017

2016

2015

2014

2013

Mídia Do Povo Brasileiro!

Mídia Do Povo Brasileiro!

×

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X