FCS Brasil
Eli Corrêa Fernandes
25/10/2013   

LUIZ FERNANDO CALDEIRA JACZERSKI

Recentemente veio a óbito a pessoa de LUIZ FERNANDO CALDEIRA JACZERSKI. O Luizinho, como era conhecido em nossa comunidade, sem dúvida alguma era um ser humano extraordinário. Veio para Prudentópolis há muitos anos e adotou a nossa terra como sua, fixando suas raízes por aqui, constituindo família, criando os seus filhos.

Conheci o Luizinho desta forma. Lembro-me que eu era ainda estudante, na iminência de me formar no curso de Direito da PUC – Pontifícia Universidade Católica em Curitiba, onde morava e trabalhava como Assessor Especial do então Secretário de Estado da Justiça do Paraná, Tulio Vargas, no Governo de Jaime Canet Júnior (gestão 1975/1979). O meu irmão, Josué Corrêa Fernandes (Dr. Zito), como era conhecido, que já havia sido Prefeito de Prudentópolis (gestão 1972/1976), entrou em contato comigo e pediu que levasse em determinado dia o senhor Luiz Fernando Caldeira Jaczerski para conversar com o então Senador do Paraná, João de Mattos Leão (legislatura 1971/1978) sobre o assunto da nomeação dele como novo Delegado de Polícia do Município e Comarca de Prudentópolis. O Secretário de Segurança Pública do Paraná era o General Alcindo Pereira Gonçalves (gestão 1975/1979). Pois bem, o Luizinho foi de Prudentópolis à Curitiba, chegou ao gabinete da Secretaria de Estado da Justiça, onde eu trabalhava, telefonei para o escritório do Senador Mattos Leão que ficava a uma quadra do prédio da Secretaria da Justiça, para conferir se o mesmo se encontrava e poderia nos atender conforme já havia sido agendado. Fomos caminhando até o escritório do Senador Mattos Leão. Em nossa frente ele telefonou ao Secretário de Segurança e disse o seguinte: “Secretário, o rapaz veio de Prudentópolis para assumir o cargo de novo Delegado de Polícia. Sei que os decretos de exoneração do atual Delegado e de nomeação do novo Delegado estão prontos, basta o senhor assinar e providenciar o necessário para que ele assuma.” Em seguida, também caminhando, fui com o Luizinho conversar com o Secretário de Segurança do Paraná, já que o prédio da Secretaria ficava uma quadra acima. O General Secretário, Alcindo, já estava nos esperando. E o Luizinho na sequência assumiu como novo Delegado de Polícia de Prudentópolis, pois na época os Delegados aqui não eram concursados, mas sim nomeados. Num próximo artigo contarei como os Delegados de Polícia desta cidade passaram a ser de carreira. Mas o fato é que o Luizinho desempenhou um bom trabalho como Delegado de Polícia, imprimindo o seu estilo pessoal inconfundível, com seriedade, competência, galhardia e tratamento imparcial a todos. Manteve aqui o seu escritório de contabilidade, além de ser professor no Colégio Barão de Capanema. Grande companheiro, amigo muito leal. Extremado chefe e pai de família. Cidadão exemplar. Perda realmente irreparável. Com certeza tem lugar assegurado ao lado dos justos, nos arcanos do infinito. Siga em paz, meu amigo.   Fica aqui o registro e o pedido para que os homens que se encontram no poder homenageiem e reverenciem a memória deste grande prudentopolitano, que partiu prematuramente. Bom feriado aos funcionários públicos e ótimo final de semana a todos.



COMENTE ESTE E OUTROS POSTS NA FAN PAGE OFICIAL NO FACEBOOK: www.facebook.com/fanpageoficialfolhacentrosul








Advogado inscrito na OAB/PR sob nº 007155, formado pela PUC/PR. Egresso do movimento estudantil secundarista (UPES) e universitário (DCE-Puc, 1o Presidente eleito pelo voto direto - em 1974). Quando universitário, Assessor Especial do Secretário de Justiça do [+]Leia Mais

Arquivos

2017

2016

2015

2014

2013

Mídia Do Povo Brasileiro!

Mídia Do Povo Brasileiro!

×

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

[email protected]

X