FCS Brasil
O Iluminista
15/10/2013   

PREFEITO DE PONTA GROSSA PROMETE MANTER CAPELA DE IGREJA COM RECURSOS PÚBLICOS E 'GANHA' BENÇÃO

Não sei para quem curte isso, mas para mim é demais!

Antes de tudo, deixamos claro que não temos nada contra qualquer instituição dita religiosa e defendemos a liberdade de expressão, de imprensa e também de religião. Cada um faz o que bem entender de suas vidas em relação a suas crenças. Contudo, a notícia postada no site da prefeitura de Ponta Grossa, onde o Prefeito diz que irá "MANTER UMA CAPELA NUMA DAS VILAS DE PONTA GROSSA" nos causa certa dúvida: manter uma capela de igreja com dinheiro público, dos contribuintes é permitido legalmente? 

A Constituição de 1988 em seu Art.19 determina:

"É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: 
I - estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público;
II - recusar fé aos documentos públicos;
III - criar distinções entre brasileiros ou preferências entre si".

NOVAMENTE: manter uma capela, um setor ou qualquer departamento de uma instituição religiosa, COM DINHEIRO OU RECURSOS PÚBLICOS (seja com pessoal ou equipamentos, material ou doações pagas pelo dinheiro do povo) seja qual for a instituição, não seria o mesmo que subvencioná-la?

Além disso, a igreja católica, assim como as demais igrejas já não tem recursos próprios (para manter a capela que é uma propriedade privada), recolhidos através do dízimo e outras doações de seus fiéis? Onde está o interesse público? Há sim interesse de determinada parcela da população agremiada e fiel a uma religião e não interesse da população em geral para justificar tal manutenção prometida!

SE A IGREJA CATÓLICA RECEBER ESSA 'AJUDINHA', ESSE 'APOIO', OUTRAS IGREJAS TAMBÉM TERÃO DIREITO!

- Com efeito, se a igreja católica terá essa 'ajudinha', e se encontrarem uma dessas 'brechinhas' na lei para que isso aconteça, então, todas as demais instituições religiosas também terão direito de terem departamentos, capelas, igrejas etc mantidas pela prefeitura.

- E, por fim, da forma como postaram a matéria, é mais do que claro, público e notório o clime de eleições no paço municipal de PG e, além disso, dá a impressão que o Bispo concedeu a benção só porque recebeu o apoio, o que soa muito estranho deveras, ressalvada a questão da intencionalidade, claro!

O QUE VOCÊ LEITOR PENSA DISSO? CLIQUE AQUI E COMENTE
 
IMAGEM: A PRIMEIRA MISSA NO BRASIL
(A relação da igreja com o poder público, embora o estado seja 'teoricamente' laico, sempre existiu, desde antes da 'descoberta do Brasil'). A questão é: é legal? Se uma pode, todas poderão? E por ser ano pré-eleitoral não soa meio estranho esse apoio? Enfim, com ficará essa polêmica situação?
 
Na minha ignorante e falha opinião, na idade média isso se chamava: SIMONIA: ou seja, venda ou troca de favores divinos, bençãos, cargos eclesiásticos, prosperidade material, bens espirituais, coisas sagradas, objetos ungidos, etc, em troca de dinheiro ou outros favorecimentos.
 
 


COMENTE ESTE E OUTROS POSTS NA FAN PAGE OFICIAL NO FACEBOOK: www.facebook.com/fanpageoficialfolhacentrosul








Somos realistas e meritocratas, apenas isso. As grandes coisas feitas pela humanidade não seriam possíveis, sem trabalho, esforço, sangue, suor, Meritocracia. Jamais! O socialismo, o comunismo e todos os sistemas políticos e filosóficos já ultrapassados [+]Leia Mais

Arquivos

2017

2016

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2015

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2014

Dezembro

Novembro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2013

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Mídia Do Povo Brasileiro!

Mídia Do Povo Brasileiro!

×

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X