Traficante acerta tiros em 04 policiais, mas acaba morto em Curitiba
Biba’s Lanches
Av. Ernesto Vilela,
621 - Nova Rússia
(42) 3027-7247
R. Santos Dumont,
599 - Centro
(42) 3224-7247
R. Cel. Catão
Monclaro - Centro
(42) 3222-7292
Folha Centro Sul
29/01/2014   

Traficante acerta tiros em 04 policiais, mas acaba morto em Curitiba

Se você ainda não curtiu, curta o FCS Brasil no Facebook:

Quatro policiais civis foram baleados na tarde desta quarta-feira (29) no município de Campo Magro, região metropolitana de Curitiba.

A situação iniciou na Rua Bom Jesus, bairro Bom Pastor, quando um delegado e um investigador do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE) foram surpreendidos por um traficante que efetuou vários disparos contra os policiais que estavam campanados.

Breve vídeo do G1

O Delegado Leonardo Carneiro foi atingido no trapézio e no abdômen. O investigador Roberto foi atingido na barriga. Ambos foram socorridos e encaminhados ao Hospital Evangélico em estado grave. Apesar da gravidade, o Delegado Leonardo não corre risco de morrer.

Um grande cerco policial foi montado no bairro e dois investigadores que estavam embrenhados em um matagal na busca do suspeito foram surpreendidos pelo mesmo. Os dois policiais civis foram baleados, mas conseguiram revidar e mataram o suspeito.

O investigador Rafael Bush da Delegacia de Trânsito levou um tiro no peito e um tiro na mão, sendo salvo pelo colete a prova de balas. O investigador Carlos levou um tiro na perna. Ambos foram socorridos pelo helicóptero da Polícia Rodoviária Federal e encaminhados ao Hospital do Trabalhador sem risco de morte.

O suspeito 'viajou' no confronto, e foi identificado por Edmilson Gotardo Nogueira, e já contava com várias passagens pela polícia por tráfico de drogas.

Fonte: Plantão 190 - Curitiba

Foto: G1





RECOMENDAMOS:

Princípio da Descrença

O princípio da descrença é a proposição fundamental da Conscienciologia na qual o pesquisador ou pesquisadora não deve aceitar nenhuma ideia de maneira apriorista, dogmática, mística, sem reflexão e sem submetê-la a uma análise crítica, desapaixonada e racional. Através do princípio da descrença a pessoa substitui a crença pelo conhecimento advindo da racionalidade e da experiência pessoal. O princípio da descrença representa um desafio prático para todos nós e pode ser postulado pela frase:


Não acredite em nada, nem mesmo

no que lhe informarem aqui.

EXPERIMENTE.

Tenha suas experiências pessoais.





© Todos os direitos reservados

contato@folhacentrosul.com.br