FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
17/05/2018   

Policial Militar é principal suspeito de 'sumir' com Ex-esposa

A jovem, Andrielly Gonçalves Silva, de 22 anos simplesmente desapareceu depois de uma conversa com um rapaz de SP, via vídeo.

O rapaz de SP deu seu depoimento dizendo que ela estava falando com ele 'de boas' e de repente ela desligou tudo como se estivesse assustada e sumiu, não mandando mais mensagens.

No lugar dela, segundo este rapaz, outra pessoa se passando por ela mandava mensagens estranhas, frias que deixavam claro que não se tratava de Andrielly.

O ex-esposo, soldado da PM é o principal suspeito do 'sumiço' da moça.

A PM até agora não se manifestou sobre as imagens das câmeras de segurança, o sangue e a sujeira encontrados pela Polícia Civil no carro e pertences do soldado.

Uma vergonha para a PM isso que deixa parecer que está acobertando o suspeito.

O QUE O TRIBUNA DA MASSA APUROU?

Câmeras de segurança

Câmeras de segurança registraram o ex-companheiro da jovem saindo do apartamento, o policial militar Diogo Coelho Costa, que é o principal suspeito do  desaparecimento de Andrielly.

O policial militar, fardado, em uma viatura e acompanhado de outro PM, aparecem em imagens de segurança de uma residência, onde eles solicitam à moradora que forneça as imagens.

A investigação

A Polícia Civil encontrou manchas de sangue no carro do policial militar do 22º Batalhão, Diogo Coelho Costa, ex-companheiro da estudante de Direito. Que é apontado como o principal suspeito. Além disso, o veículo do soldado e o coturno foram apreendidos muito sujos, o que indica que ele andou em uma estrada de terra. Em várias partes do carro do policial havia indícios de sangue.

Os policiais da delegacia do Alto Maracanã, em Colombo, apreenderam no apartamento duas munições picotadas. O que indica que os tiros falharam na hora que, provavelmente, o policial tentou efetuar os disparos dentro do apartamento onde o casal morava.  

Todo o material foi recolhido e enviado para análise, que deve ficar pronta em 30 dias.

Segundo a Polícia Militar, o soldado está internado desde o dia 10 de maio, no hospital Bom Retiro, para tratamento de saúde e está afastado das funções. Ele está na corporação há dois anos e meio.

Com informações de Ricardo Pereira/Rede Massa

 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



UE X RÚSSIA

SÉRIE SOBRE EUA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X