FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
10/05/2018   

Com 20 segundos de rádio e TV, Bolsonaro aposta fichas em Facebook, Twitter e YouTube

Segundo a Reuters, o Pré-candidato a presidência, Jair Messias Bolsonaro (PSL), deve ter entre 15 e 20 segundos dos 12:30 destinados ao horário eleitoral durantes as eleições de 2018.

Os partidos com maior tempo de rádio e Tv são PT, PMDB, PSDB, PDT, DEM, veja aqui.

Sem fundo partidário, o PSL diz buscar alianças para aumentar o tempo de rádio e TV, mas a maior aposta de Bolsonaro será nas redes sociais.

Atualmente, o deputado é o líder entre os pré-candidatos em fãs no Facebook, com 5,3 milhões, em número de assinantes no Youtube, com quase 520 mil pessoas, e é o segundo em seguidores no Twitter, com 1,1 milhão, atrás da ex-ministra e que já foi candidata a presidente por duas vezes, Marina Silva, com 1,9 milhão, conforme o site Torabit, especializado em análise de redes sociais. (Com Reuters)

O PSL tem reservados cerca de 9 milhões de reais para a campanha de 2018, o que poderia garantir ao presidenciável 3 milhões de reais para bancar despesas eleitorais. Ainda não há uma definição, segundo essas pessoas, sobre como o deputado vai financiar sua campanha. (Com Reuters)

REVEJA>>> Gilmar Mendes diz que, com fraudes, campanha de Dilma/Temer pode ter passado de R$ 1,3 bilhão

Aliados consideram que, com a redução do período de campanha eleitoral —de 90 dias para 45 dias; ela começará oficialmente apenas em 16 de agosto— e sem financiamento de empresas será possível ter uma disputa mais igualitária para o nome do PSL.

A previsão durante a campanha é de aumentar a equipe que trabalha com redes sociais e intensificar parcerias com apoiadores nos Estados —outra iniciativa para suprir a provável falta de palanques regionais.

“A campanha dele vai ser barata. Não tem tempo de TV, não vai gastar com megaprodução e vai viajar de avião de carreira”, disse Manato, ao citar que um importante gasto que o colega de partido deve ter na campanha ao Planalto é com advogados, para defendê-lo de potenciais acusações de homofobia.

Uma fonte do MDB, partido com maior tempo de propaganda eleitoral e capilaridade nos Estados, avaliou que esses percalços de Bolsonaro vão pesar na campanha. Para essa fonte, o deputado apresenta um interessante piso de intenção de voto no momento, mas terá dificuldades para ampliar seus apoios com a forma que atua.

“Bolsonaro prega para os convertidos”, disse a fonte, para quem a corrida eleitoral, apesar de aberta, deverá afunilar entre candidatos de partidos tradicionais.

Já o presidente licenciado do PSL avalia que a campanha de Bolsonaro é uma novidade que assusta. “Eu acho que é um novo paradigma de campanha e isso está assustando todo mundo”, afirmou Bivar. (Com Reuters)






ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



URNAS FRAUDADAS

BOTOX ATACA BOLSONARO

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X