FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
20/09/2018   

Advogados (que alegam insanidade) querem que terrorista participe de programas na TV

Brasil, o País dos absurdos onde chicanas tais, em face de brechas nas leis, ainda são passadas batidas sem qualquer reação.

Espera-se que nesse caso, o terrorista esquerdopata, Adélio Bispo, que tentou matar Bolsonaro não obtenha da justiça o intento desejado, por que isso seria um escárnio maior que Lula aparecer na TV.

Talvez seja essa a tática dos malemolentes advogados, conseguir que o terrorista tenha acesso à TV para depois seu líder maior também preso em Curitiba consiga tal benesse.

Francischini que não é nenhum santo, e tem sido citado por delatores nas mutretas com Beto Richa no Paraná, ao menos está tentando impedir essa nojeira.

REVEJA>>> Jungmann mexe os pauzinhos e inquérito contra terrorista Adélio fica 'pra depois das eleições'


DIZ O ANTAGONISTA

O deputado Fernando Francischini protocolou há pouco na Justiça Federal de Juiz de Fora pedido para que Adélio Bispo de Oliveira seja impedido de dar entrevistas.

Ontem, O Antagonista noticiou que a defesa de Adélio estava tentando obter autorização da Justiça para sua participação num programa de TV.

(As informações são de O Antagonista)





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



UE X RÚSSIA

SÉRIE SOBRE EUA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X