FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
10/05/2018   

Bispo Católico que meteu a mão em R$ 2 milhões de fiéis põe Papa como testemunha de defesa

Esses religiosos ein?

É nisso que dá a junção de crença cega, fanatismo e corrupção. E há tolos que seguem alimentando todo tipo de seita-religião deixando seus líderes cada vez mais ricos.

REVEJA>>> TJ ignora STF, bispo e padres ladrões saem rindo da cadeia em Goiás

O bispo afastado de Formosa, dom José Ronaldo Ribeiro, listou o Papa Francisco, o núncio apostólico no Brasil, Giovanni D’Aniello, e o cardeal Dom João Braz de Aviz entre as 31 testemunhas de defesa no processo que investiga o desvio de mais de R$ 2 milhões em dízimos da Diocese de Formosa.

O advogado dele, Lucas Rivas, disse que as escolhas foram técnicas. Ele defende a inocência do padre. Além dele, outras dez pessoas — incluindo o juiz eclesiástico Tiago Wenceslau, o vigário-geral Epitacio Cardozo e mais três padres — estão entre os acusados de participar do esquema.

O Ministério Público apurou que eles usaram o dinheiro para comprar uma fazenda de gado, uma casa lotérica e carros de luxo.

"Ficou bem evidente desde a busca da soltura dos religiosos por meio de habeas corpus, que a estratégia dos acusados é adiar o máximo que puderem o julgamento do caso, de forma a se beneficiarem do transcurso do tempo, que virá acompanhado de um pretendido esquecimento e da prescrição", disse o promotor responsável pelo caso, Douglas Chegury. (Com informações de G1)


Fanáticos evangélicos são pegos pichando e apanham da Guarda Municipal durante confusão no RJ



 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



URNAS FRAUDADAS

BOTOX ATACA BOLSONARO

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X