FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
01/05/2016   

Nosso único partido é o Brasil e os direitos do povo brasileiro

ATUALIZADO EM 22/05/2016>>>

Ao contrário do que alguns 'antagonizam' por aí, como panfleteiros mordomos do PT, frouxos e aliados de comunistas, nós o FCS Brasil desde a sua fundação em 2012, deixamos muito claro a nossa proposta: "nosso único partido é o Brasil e o Povo Brasileiro".

Dilma, Lula, PT, Foro de São Paulo, são os maiores responsáveis pela desgraca econômica, quebradeira e desemprego que o Brasil passa. Cadeia é pouco pra eles. Ponto.

Contudo, mesmo assim, não podemos fazer de conta que está havendo uma 'despetização', por que não está. Até agora, só blá blá blá e cortina de fumaça.

Além disso, não tem essa de "Temer entrou agora". E outra: "criticá-lo duramente" e expor suas bundamolíces como seu envolvimento direto e indireto em esquemas em investigação na Lava Jato, não é dar força ao PT. Aliás, o PT continua forte e comendo pelas beiradas com Temer como 'tapa-buraco'.

Venhamos e convenhamos, não tem muito o que esperar desse 'governo provisório', não se iludam: Temer e o PMDB são o que sempre foram, convenientes, sempre pensando em si mesmos enquanto fazem o jogo da nojenta e decadente velha politicalha brasileira. 

Agora, contudo, Temer e o PMDB tem a oportunidade de se redimirem em partes da ajuda que deram ao longo dos anos ao PT, a Lula e Dilma e que resultou na quebra do Brasil, nos rombos, no desempregro brutal, enfim. É dever dele fazer algo para consertar os erros que lhe dizem respeito. Mas, no entanto, pelas últimas atitudes frouxas e coniventes está mais do que claro que nada disso fará.

E Terça 24/05, quando anunciarem o 'pacote de medidas' contra a crise, todos verão a que veio o 'governo mordomo do PT'. (Vão cortar os gastos da máquina pública, como os milhares de cargos em comissão cheios de petistas e comunistas? Vão cortar as mil e uma regalias? Vão cortar o cartão corporativo? Vão dar o exemplo reduzindo os próprios salários? Ou vão jogar pro povo pagar com mais impostos disfarçados de 'esforço nacional pra sair do buraco'? VEREMOS...

JÁ TÍNHAMOS DEIXADO CLARO ANTES...

Após os últimos acontecimentos da politicalha brasileira, mesmo já tendo explicado à exaustão nosso ponto de vista como um simples meio de comunicação popular, deixamos claro aqui a todos que nos seguem, que:

- independente de impeachment, defendemos a faxina geral iniciada pela Lava Jato, doa a quem doer. Nenhum partido representa o povo brasileiro, portanto, nosso único partido é o povo e os direitos do povo que é quem mantém tudo funcionando com o suor do seu trabalho.

- defendemos o fim do absurdo Foro Privilegiado em todos os níveis da República, o fim da indicação de ministros ao STF, o fim da interferência do governo na indicação do Procurador Geral da República, o fim dos supersalários, cartão corporativo, diárias bilionárias, 'cotão parlamentar' e o fim das mil e uma regalias a todos os políticos. Político não é autoridade, é apenas um passageiro empregado do povo.

- defendemos leis mais duras, prisão pesada, confisco de bens e o banimento da vida pública dos políticos que forem condenados em face das roubalheiras, independente de partidos.

- defendemos a diminuição drástica do Fundo Partidário, para o nível básico e suportável para as contas públicas, bem como, defendemos o corte imediato do envio de dinheiro a Cuba, Venezuela e não sei mais para onde, e, ainda, o corte dos milhares de cargos em comissão, que literalmente, viraram puleiros de militontos e guerrilheiros comunistas.

- defendemos o fim do Foro de São Paulo e a total proibição de sua ação ou citação em território brasileiro, já que todos sabemos que essa coisas, não passa de um centro de operações comunistas virtual e real a abominar os povos latinos.

- apoiamos a proibição dos partidos comunistas em todo o território nacional.

- defendemos o Recall Político, ou seja, o povo coloca, o povo tira. Político que se elege e não apresenta um mínimo resultado satisfatório em 06 meses, o povo pode tirá-lo através de 'plebiscito' ou que o valha. Afinal, se todos os trabalhadores nas empresas onde atuam precisam cumprir metas, apresentar resultados e prestar conta de recursos usados, por que os políticos não precisam fazer nada disso? É preciso acabar com essa zona também.

- defendemos o fim da reeleição inifnita para os cargos de vereador, deputados, senadores, e, à analisar a viabilidade e o efeito prático, também o fim da reeleição para os cargos do executivo, como prefeito, governador e presidente da República. (É o cúmulo que eleitos para legislar se tornem 'donos eternos' de um cargo e fiquem a viver de pressão nos executivos, criando verdadeiros feudos e estabelecendo capitanias hereditárias, com pai, filhos, mulheres e amantes sendo eleitos também).

- Há outros pontos que precisamos abordar com mais ênfase, e isso será feito em outras postagens. Mas o básico é isso.

Mais uma vez, o impeachment é só um passo, tacanho, frágil, mas é um passo, até de certa forma importante para o momento e diante da situação que o país atravessa.

Contudo, o que mais importa é a FAXINA GERAL em todos os partidos e políticos metidos nas roubalheiras, só assim o Brasil começará a andar para frente de verdade, do contrário é tapar o sol com a peneira.

E independente de quem seja o presidente da República e demais políticos cabeças de bagres na sequência, nós do FCS Brasil seguiremos denunciando, expondo o que outros não expõem, do nosso jeito, direto, franco, reto, fundamentado, dentro do que a Constituição e as leis nos permitem.

Doa a quem doer.

O povo é o nosso único partido.

Gratos!

Avante!

Direção geral do FCSBR

www.folhacentrosul.com.br

(Foto: Ueslei Marcelino / Reuters)





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



PF DO PMDB

MUNDO: AO VIVO

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

contato@folhacentrosul.com.br

X