FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
08/09/2017   

Corruptopatas torram mais R$ 2,5 milhões em impressões, poltronas, etiquetas, troféus...

E assim segue o império da corrupção de Brasília>>>

Trabalhem escravos! Trabalhem! E paguem gasolina mais cara, comida mais cara, luz mais cara, gás mais caro, tudo mais caro para manter as mil e uma gastanças, marajíces e mordomias dos ladrões da República>>>

E VEJA, TAMBÉM>>> Marajás do Congresso torram mais de R$ 350 mil com café e itens 'anti-invasão'

E MAIS>>> Presidência torra mais de R$ 140 mil em água mineral, copos descartáveis...

CONTAS ABERTAS - O Senado Federal reservou R$ 229,9 mil para serviços de impressão monocromática a laser, por meio de disponibilidade e instalação de equipamentos novos, de primeiro uso e em linha de produção. Porém este foi apenas um empenho do contrato, que chegará ao valor de R$ 2,3 milhões para vigência de um ano. O valor inclui serviço de execução, software de gerenciamento, inventário e contabilização, manutenção de fornecimento de suprimentos, exceto em papel. A empresa contratada é a Ricoh Brasil S.A.

Etiquetas confidenciais

A Presidência da República vai gastar quase R$ 1 mil com etiquetas. Do total, R$ 12,00 serão destinados para etiquetas adesivas em papel azul com a inscrição confidencial em letras na cor branca, com cantos arredondados. O restante dos recursos são para etiquetas em papel branco, cantos arredondados e sem inscrições.

Móveis

A Câmara dos Deputados empenhou R$ 1,5 mil para o fornecimento de uma poltrona giratória de espaldar alto. O pedido foi realizado pelo Centro de Documentação e Informação (CEDI) da Casa. O Tribunal de Contas da União (TCU) empenhou R$ 14,3 mil para a aquisição de 26 mesas para a copa da Escola Superior de Controle do Tribunal de Contas da União. O prazo de garantia das peças é de cinco anos.

Disciplina do STF

Na última quarta-feira (5), o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por 6 votos a 5, manter entendimento definido pela própria Corte em fevereiro que permitiu a possibilidade de prisão após uma condenação por colegiado de segunda instância. Mas nem só de decisões vive a Corte. O STF empenhou R$ 4,2 mil para ter um alambrado disciplinador. O módulo de 50 metros de grade, medindo 2 metros ou 2,5 metros de comprimento e, no mínimo, 1 metro de altura.

Treinamento e Workshop

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) empenhou R$ 7,9 mil para treinamento e aperfeiçoamento. Os recursos são para o Desafio de Titãs, a ser realizado no dia 25 de novembro. Participarão o diretor-geral, secretário-geral da Presidência, Chefes de Gabinete, secretários, assessores-chefes, chefes de representação, ouvidor auxiliar, coordenadores, chefes de seção e taquígrafos supervisores. As vagas remanescentes serão destinadas aos gestores substitutos.

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) vai destinar R$ 18 mil para a realização, no Tribunal, de workshop denominado “Design Thinking no Serviço Público”. O curso terá carga horária de 16 horas-aula para até 25 servidores.

Troféus

O TST reservou R$ 4 mil para aquisição de troféus para o Prêmio Servidor de Mérito 2016. Foram comprados 21 troféus em acrílico cristal, com base em acrílico preto e placa de aço. O material será entregue na seção de controle de material em até dias corridos depois do empenho.





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



LULA SALAFRÁRIO

A MALA DO TEMER

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X