FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
09/11/2016   

Funcionamento da 'Justiça do Trabalho' custa R$ 17 bilhões. O dobro do que paga a trabalhadores

Detalhes que muitas vezes passam desapercebidos pela maioria.

Segundo informações oficiais e correntes na mídia nacional, no ano de 2015 a Justiça do Trabalho deu 'ganho de causa' a trabalhadores no montante total de R$ 8 bilhões.

Quem não analisa as coisas detalhadamente, pensa: 'nossa, mas isso sim que é justiça, sempre ao lado dos trabalhadores, vamos endeusá-los'.

Pois é.

Acontece, que ao observar a coisa mais de perto, constata-se que para manter seu funcionamento da bagaça toda, que não é lá aquelas coisas em termo de 'funcionamento', onde muitas vezes fazem o trabalhador de palhaço e lhe dão mil e um 'chás de banco', essa "Justiça do Trabalho" custou, em 2015, R$ 17 bilhões, principalmente em salários e mordomias imagináveis e inimagináveis para 3.500 juízes trabalhistas e, para manter a corte de marajás de toga, com uns 7.000 carros e 7.000 motoristas.

Resumindo: primeiro que o desgoverno, não interessa quem esteja no poder, deveria fiscalizar as empresas quanto aos direitos dos trabalhadores e ter um canal mais direto e menos burocrático para as denúncias de infrações aos direitos trabalhistas. 

Depois, friamente pensando, custaria mais barato ao governo e seria muito melhor aos trabalhadores que o próprio governo pagasse algum tipo de bônus aos empregados assalariados que tem seus direitos prejudicados, do que perder mais que o dobro para manter um cabidão de marajás que á a Justiça do Trabalho.

Mas, isso aqui é Brasil...

Então...

===

E RELEMBRE ESSA:





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



PT E PMDB UNIDOS

ROBÓTICA ESPACIAL

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

[email protected]

X