FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
24/03/2014   

Sistema eleitoral brasileiro é uma fraude. E agora?

Já que o Brasil é campeão em inventar crimes e novos nomes para velhos crimes, podemos dizer que o que acontece com as urnas eletrônicas onde votos são alterados, é um novo tipo de 'furto'. Sim! O furto de votos.

Todos se perguntam: já que o sistema eleitoral brasileiro é fraudado, burlado e corrompido, quais as garantias de que os que serão eleitos em outubro de 2014, serão eleitos de fato, ou seja, pelas mãos do povo e não pelas mãos de burladores?

O site www.fraudeurnaseletronicas.com.br registra vários casos de fraudes nas últimas eleições. E há várias campanhas pela internet para que o povo não vá votar em outubro, como é o caso da campanha 'NÃO VAI TER VOTO'.

Reveja: Hacker de 19 anos mostrou como fez para fraudar eleições no Rio de Janeiro

Reveja: Juiz eleitoral diz que fraudar urna eletrônica é mais fácil que infectar computador com vírus

O problema é que o povão que tem medo de sanções e multas (que vão de R$ 3,50 a R$ 5 Reais), certamente irá comparecer nas urnas, seja por medo, ou pelo Bolsa Família, pelo gás, pela 'ajudinha' de cabos eleitorais de deputados, senadores, governadores e presidentes e outros politicopatas.

Ou seja, realisticamente, parece que a solução para essa tragédia eleitoral brasileira não ocorrerá tão cedo, já que para 'uma grande e real mudança' seria necessário Educação, Cultura e Qualidade de Vida de verdade para o povo poder ter condições de servir-se do conhecimento, de maneira livre e destemida, para além das ameaças, repressões e sanções do Estado Corruptopatológico.

Além disso, o problema eleitoral com as fraudes nas urnas se agrava pelo sistema de capitanias hereditárias e as manobras corruptopatológicas, onde cargos públicos eletivos e de confiança estão nas mãos dos mesmos velhos grupos políticos, os quais se alternam no poder de geração em geração, assim como os partidos que estão nas mãos destes velhos/novos cacíques com o único e real propósito: mentir, enganar, roubar e enriquecer ilicitamente, manter pose de 'manda-chuva' (sob as leis frouxas que garantem impunidades e embargos infringentes), ao máximo que puderem.

Ou seja, infelizmente, parece que não há solução e a república, loteada entre bandos e mais bandos de criminosos disfarçados de 'amigos do povo', tende a ser depenada até o último antes da sua derrocada final. Contudo, até o ápice do caos eminente, o povo morrerá lentamente em face da corrupção que gera todos os problemas imagináveis e inimagináveis já há muito tempo mostrados nos noticiários, todos os dias.

Por fim, os mais esclarecidos e despertos, se perguntam: por que deveríamos ir votar em outubro se a eleição já pode estar programada? Imaginou se ninguém aparecesse ou só uma meia dúzia? Este talvez seria o maior protesto, dentro de uma "democracia", na história da humanidade, onde o voto obrigatório seria ferrado e o sistema político seria forçado a mudar drasticamente...Porém, estas são apenas simplórias e falhas conjecturas de um entusiasta da Liberdade...

Vídeo de arquivo: deputado denuncia fraudes em urnas e diz que o povo é feito de palhaço:

 

 

(Texto de Thomaz Domz)

 

 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



LULA SALAFRÁRIO

A MALA DO TEMER

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X