FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
06/12/2018   

PGR alerta que vários presos na Lava Jato estão entrando com HC para Bocão Mendes libertá-los

É NATAL! LBERA GERAL?

PQP!

Olha o que está acontecendo e deve piorar após o dia 15-12, quando inicia o chamado recesso do judiciário e que tudo fica sob regime de plantão.

Aí vocês já podem imaginar. Pensando nisso, vários presos estão mandando HC diretamente ao Gilmar Bocão Mendes, QUE JÁ ARMOU O ESQUEMA LÁ ATRÁS QUANDO LIVROU BETO RICHA (PSDB-PR) DA CADEIA, ATACANDO AS PRISÕES PROVISÓRIAS.

Porém, parece estar se iniciando o 'salve-se quem puder' entre a cúpula do judiciário em face do novo governo que se avizinha, e a PGR Raquel Dodge, até então quieta e vista grossa, do nada, começou a infernizar os políticos, ministros e presos da Lava Jato, pra sorte do Brasil.


VEJA O QUE DIZ O SITE DA PGR:

Raquel Dodge destaca que, após o STF declarar a inconstitucionalidade da condução coercitiva de investigados ou réus – o que resultou na proibição do procedimento – vários presos provisórios passaram a peticionar diretamente ao ministro Gilmar Mendes a revogação das ordens de prisão, sob o argumento de que se tratavam de conduções coercitivas travestidas de prisões temporárias. Um dos casos foi o pedido apresentado pelo ex-governador do Paraná Beto Richa, fato lembrado pela defesa de Theodocio Atherino.

Para a procuradora-geral, a decisão tomada no caso de Beto Richa não pode ter o “condão” de firmar prevenção do relator para apreciar todos os atos relacionados à Operação Rádio Patrulha. “Seria forçoso concluir que tal ministro seria também prevento para todos os atos relacionados aos demais pedidos de liberdade que lhe foram direcionados no bojo da ADPF 444 – que são dezenas, e não param de ser protocolados novos –, o que, por óbvio, não pode ser admitido”.

O ALERTA ESTÁ NO MESMO PEDIDO DE DEVOLUÇÃO DE HC DE BOCÃO A FUX, PEDIDO PELA PRG RAQUEL DODGE:

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, voltou a questionar, nesta quarta-feira (5), a distribuição de habeas corpus (HC) – pelo critério de prevenção – ao relator da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 444 e da Reclamação 32.081, ministro Gilmar Mendes. A manifestação foi em HC impetrado a favor de Jorge Theodocio Atherino, preso preventivamente, na Operação Piloto – que investiga suposto favorecimento à Construtora Odebrecht, na exploração e duplicação da rodovia PR-323, entre Francisco Alves e Maringá, no Paraná. A PGR requer que o HC seja devolvido ao ministro Luiz Fux, que o recebeu inicialmente, por distribuição aleatória.

VEJA A MATÉRIA COMPLETA NO SITE DA PGR


 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



NAVE CHEGA AO 'OUTRO MUNDO'

SÉRIE SOBRE EUA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X