FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
24/07/2018   

Presidente interina, Cármen Lúcia, cria 'cotas para presidiários prestarem serviço ao governo'

NÃO É FAKE. INFELIZMENTE, É REAL.

Cármen Lúcia e suas peripécias como presidente interina do Brasil>>>

Decreto assinado nesta terça (24) pela presidente em exercício, Cármen Lúcia, define que empresas com contratos acima de R$ 330 mil têm que oferecer entre 3% a 6% das vagas a presos.

O decreto presidencial, de acordo com o governo, torna “obrigatória” a contratação de presos e ex-presidiários por parte das empresas que vencerem licitações para serviços com a administração pública federal direta e também com autarquias e fundações. Entre os serviços que poderão passar a ser executados por detentos e ex-presidiários estão, por exemplo, atividades de consultoria, limpeza, vigilância e alimentação. (As informações são do G1)


Brasil sem governo: mais de 21.300 pessoas assassinadas em 5 meses 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



NAVE CHEGA AO 'OUTRO MUNDO'

SÉRIE SOBRE EUA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X