FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
21/06/2018   

Cármen Lúcia, presidente do STF, arquiva investigações contra Cúpula do Judiciário

E segue o festival de 'livramento de caras dos ladrões Lesa-Pátria'>>>

VEJA MAIS>>> Com o bando de ladrões nos 3 poderes, limitar a internet é o próximo passo no Brasilzuela


G1 - A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, anunciou nesta quinta-feira (21) o arquivamento de uma investigação aberta no ano passado para apurar menções a ministros da Corte em gravações de executivos da JBS.

Numa conversa entregue à Procuradoria-geral da República (PGR), em acordo de delação premiada, o empresário Joesley Batista e o diretor Ricardo Saud falaram sobre possível tentativa de gravarem o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo para que ele “entregar” ministros da Corte.

Após a revelação da conversa, a ministra Cármen Lúcia mandou a Polícia Federal abrir investigação sobre as menções. Nesta quinta, a presidente do STF informou que o relatório final da investigação não apontou nenhum indício de participação de ministros em atos ilícitos.

“Não houve, não há qualquer dúvida que tenha sido extraída de qualquer documento sobre qualquer conduta de qualquer ministro”, afirmou, na abertura da sessão de julgamentos.


MAIS CINISMO

Barroso do STF, que tirou outro deputado da cadeia, diz que o 'Brasil pode ter um final feliz'





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



URNAS FRAUDADAS

BOTOX ATACA BOLSONARO

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X