FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
11/06/2018   

Bocão com o rabo preso por R$ 200 milhões do Cartel das Carnes Podres?

Uma história bem curiosa foi publicada pela dita Revista CrusoÉ, da turma do O Antagonista.

Basicamente, ao que tudo indica, Bocão se esbaldou no dinheiro roubado do povo redistribuído pela Friboi, que comanda o Cartel das Carnes Podres.

Nessa história, resumidamente, contam que a tal Dalide Corrêa, na época dos fatos, uma espécie de 'faz tudo' para o Gilmar Bocão Mendes, teria  em nome do Instituto do Bocão, PEDIDO a bagatela de R$ 200 milhões.

Um detalhe a mais chama a atenção.

Na mesma história, fala-se que "Joesley Batista usava o IDP, de Gilmar Mendes, como seu quartel-general em Brasília, especialmente para tratar de assuntos jurídicos".

Joesley Friboi teve vários encontros com o Bocão.

UM ENCONTRO COM O 'GRAVADOR GERAL DA REPÚBLICA'

Após tomar conhecimento dos fatos, e naturalmente apreensivo, o ministro Gilmar Mendes crê que sua conversa com Joesley foi gravada com pelo empresário ‘’grampeador-geral da República’’ por conta do encontro ter ocorrido na mesma época em que Joesley negociava a delação premiada e pela insistência em encontrá-lo por parte do empresário.

Há quem diga que Joesley gravou Mendes e por isso o Ministro tem sido árduo defensor e soltador da bandidagem recentemente.  (As informações são da CrusoÉ)

VEJA MAIS NA CRUSOÉ


VEJA, TAMBÉM>>>





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



NAVE CHEGA AO 'OUTRO MUNDO'

SÉRIE SOBRE EUA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X