FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
14/05/2018   

Moro condena mais 13 ladrões e jaguaras incluindo outro tesoureiro do PT e dono da OAS

O outro tesoureiro do PT é o, Paulo Adalberto Alves Ferreira, condenado a 9 anos e 10 meses em regime fechado.

  • Adir Assad - lavagem de dinheiro - 5 anos e 10 meses em regime semiaberto;
  • Agenor Franklin Magalhães Medeiros - corrupção ativa - 2 anos e 6 meses em regime aberto;
  • Alexandre Correa de Oliveira Romano - lavagem de dinheiro associação criminosa - 9 anos e 4 meses em regime fechado;
  • Edison Freire Coutinho - corrupção ativa e associação criminosa - 5 anos em regime semiaberto;
  • Genésio Schiavinato Júnior - corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa - 12 anos e 8 meses em regime fechado;
  • José Aldemário Pinheiro Filho - corrupção ativa - 2 anos e seis meses em regime aberto;
  • José Antônio Marsílio Schwarz - lavagem de dinheiro e associação criminosa - 5 anos e 6 meses em regime semiaberto;
  • Paulo Adalberto Alves Ferreira - lavagem de dinheiro e associação criminosa - 9 anos e 10 meses em regime fechado;
  • Renato de Souza Duque - corrupção passiva - 2 anos e 8 meses em regime semiaberto;
  • Ricardo Backheuser Pernambuco - corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa - 9 anos e seis meses em regime fechado;
  • Rodrigo Morales - lavagem de dinheiro - 6 anos e 10 meses em regime semiaberto;
  • Roberto Ribeiro Capobianco - corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa - 12 anos em regime fechado;
  • Roberto Trombeta - lavagem de dinheiro - 6 anos e 10 meses em regime semiaberto;

Na decisão, Moro destacou que os réus que têm acordo de delação premiada têm benefícios como redução de pena (COM G1)






ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



HISTÓRIA DE VERDADE

SOJA COM BOSTA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X