FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
29/01/2018   

Povo paga R$ 4,3 bilhões em auxílio-moradia a políticos, juízes, procuradores e outros marajás

Isso, é o Brasil>>>

Depois, vai o cara de pau do Temer no programa da múmia para dizer que se não reformar, roubar a previdência agora, não terá mais dinheiro para pagar aposentadoria do povão nos próximos anos.

É muita mamata nesse País.

REVEJA>>>

AUXÍLIO-MORADIA>>>

A conta explodiu nos últimos sete anos: saltou de R$ 75,9 milhões, em 2010, para R$ 814,2 milhões em 2017. Para este ano, a previsão orçamentária é de mais R$ 832 milhões. Ou seja, em oito anos serão retirados dos cofres públicos da União R$ 4,3 bilhões para garantir o conforto de juízes, parlamentares, ministros, procuradores, entre outras autoridades e servidores do alto escalão, no Brasil e também no exterior. Categorias cuja remuneração chega a passar dos R$ 30 mil. O benefício médio pago é de R$ 4 mil a R$ 4,5 mil para os membros dos três Poderes, do Ministério Público e da Defensoria Pública no âmbito federal.

Isso, sem contar os marajás no âmbito estadual.

O caso mais flagrante, divulgado recentemente, de desrespeito com o dinheiro do povo, é do Juiz Marcelo Bretas e de sua esposa, também juíza. Os dois recorreram ao corporativiso do judiciário para obterem o auxílio-moradia de R$ 4,3 mil, mesmo os dois morando na mesma casa e na mesma cidade em que trabalham. Outros juízes também já fizeram a mesma coisa.

(Com informações de Congresso em Foco)

===

O resultado de toda essa marajíce? Olha aí...

Marajíces fazem dívida interna e dívida externa baterem nos R$ 5 trilhões





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



MORO MINISTRO

SÉRIE SOBRE EUA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X