FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
11/12/2017   

Auditor da Receita Federal recebeu R$ 160 milhões pra liberar R$ 2 bilhões da Friboi

R$ 160 milhões a um auditor da RFB. É claro, público e notório que uma propina desse tamanho, serviu para que muitos outros fizessem vista grossa. No final, o que se percebe é que a Receita Federal assim como outros órgãos de fiscalização, como o Carf na mutreta das vendas de medidas provisórias e perdão de dívidas ultra-bilionárias, estão mais podres do que nunca.

VEJA>>>  Onde estavam as instituições que não viram políticos, empreiteiras e Friboi roubarem o povo?

E mais, um cidadão comum cai fácil na dita malha fina até por um simples erro de digitação.

Mas, Geddel e outros com malas e malas de dinheiro, cartel das empreiteiras com rios de dinheiro rodando pelo Brasil para comprar poder político com propinas, a Receita não viu até que a Lava Jato começasse a bater pesado.

[...] A Polícia Federal (PF), Ministério Público Federal (MPF) e Receita Federal deflagraram, na manhã desta segunda-feira (11), uma operação para investigar o pagamento de R$ 160 milhões em propinas a um auditor para acelerar a liberação de R$ 2 bilhões em créditos tributários à empresa JBS, dos irmãos Wesley e Joesley Batista.

O auditor já foi afastado judicialmente e oito pessoas físicas e jurídicas tiveram os bens bloqueados por suspeita de envolvimento no esquema.

Ao todo, 14 mandados de busca e apreensão são cumpridos na operação, batizada de Baixo Augusta. Eles têm como alvos residências e empresas em São Paulo, Caraguatatuba, Campos do Jordão, Cotia, Lins e Santana do Parnaíba.

Na capital paulista, os policiais visitaram o posto da Receita Federal onde o auditor investigado trabalhava, na Rua Augusta, e também o escritório e a casa dele, ambos no bairro de Santana, na Zona Norte da cidade.

A investigação teve início a partir do acordo de delação premiada selado entre a Procuradoria-Geral da República (PGR) e a J&F Investimentos, grupo que controla a JBS. Ou seja, trata-se de mais um desdobramento da Lava Jato. [...] (Informações de G1)





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



GOLPE DO VOTO IMPRESSO

HUMILDADE MINHA GENTE!

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X