FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
08/08/2017   

Temer criará taxa obrigatória maior no lugar do imposto sindical

Esse, o Trem da Odebrecht, o viagrento, agente do quadrilhão.

Os burros que defenderam mais essa falsa reforma, que qualquer imbecil enxergava ser nociva aos trabalhadores a médio e longo prazo, batiam palmas com as orelhas, achando se tratar da guerra entre 'comunismo x endireitamento do Brasil'.

Está aí o resultado.

O quadrilhão com suporte do Foro de São Paulo travestido de governo segue metendo reformas falsas para beneficiar a elite política e foder o povo.

ESTADÃO - O presidente Michel Temer informou às centrais que o substituto do imposto sindical será regulamentado por Medida Provisória. O texto, porém, não deve trazer um porcentual a ser cobrado dos trabalhadores. Por isso, sindicalistas debatem qual valor é necessário para manter o funcionamento da estrutura sindical.

O modelo em debate prevê aprovação anual, pelos trabalhadores, do valor a ser pago na mesma ocasião em que empregados e patrões negociam reajuste anual de salário. A contribuição será paga por todos os empregados beneficiados pela negociação coletiva – inclusive os não sindicalizados. Isso, na prática, torna a contribuição negocial obrigatória aos que tiverem reajuste anual de salário conforme o acertado na negociação coletiva liderada pelo sindicato. O funcionamento dessas assembleias está em discussão. Por enquanto, prevalece proposta de que o quórum mínimo dessas reuniões poderá ser de apenas 10% dos trabalhadores representados.

 

REVEJA, AINDA:

PT e PMDB roubaram mais R$ 102 bilhões que eram para a infraestrutura do País





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



CANALHAS

CURTA BOA MÚSICA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

[email protected]

X