FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
05/08/2017   

Bolsonaro fala na cara. Dória abraça Bocão, sócio de ladrões da República

Na semana vimos duas coisas importantes e que influenciarão e muito para 2018.

Jair Bolsonaro, que ainda perde tempo no falido PSC, aquele que fez coligação com o PCdoB no Maranhão e em outros Estados, fala na cara, é transparente e honesto. Votou não ao arquivamento do relatório da CCJ da câmara por convicção e não por estar alinhado com esquerdopatas ladrões. Bolsonaro é a verdadeira tsunami que tira o sono de todos os ladrões, o verdadeiro anti-lularápio, o antídoto para muitos males que estão destruindo a Nação.

Já João Dória Júnior, do PSDB do Aécio Petrolão, é uma baita empresário etc e tals mas anda de abraços e beijos com o Gilmar Bocão Mendes, um ministro sem vergonha, que anda articulando com PT, PSDB e PMDB a reforma política maldita que prevê Emenda Lula, Fundo Partidário de bilhões, Anistia Total a todos os crimes, sigilo em doações de pessoas físicas, e a desgraçada Lista Fechada.

Dória dá um baita tiro no pé ao se abraçar com Bocão.

Contudo, tudo está em aberto para 2018.

Bolsonaro, por força da legislação arcaica brasileira, precisa de um partido, e está namorando com o PEN, mas é pequeno, sem tempo de TV, Rádio e, por isso, a aposta do Bolsonaro será nas redes sociais e nos debates onde poderá, se não se desiquilibrar, detonar seus oponentes.

Dória é do discurso tucano engomado de 'governabilidade isso, governabilidade aquilo' etc. Ou seja, não sai do mais do mesmo.

Bolsonaro é a tsunami.

Contudo, porém, seja qual for eleito contra Lula condenado ou Marina Lambisgóia Silva, Bolsonaro ou Dória, serão reféns de um congresso de bandidos, e, por isso, sempre batemos na tecla de que tem que tirar todos bandidos de lá. Sem faxina geral no congresso, nenhum presidente por mais foda que seja, conseguirá fazer algo. Não se iludam.

(Emerson Rodrigues, editor, para os blogs da mídia livre no Brasil e no Exterior)

 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X