FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
30/03/2017   

Se achavam 'os fodões intocáveis' mas acabaram presos e levados pro presídio de Bangu

De fato, a Lava Jato está inspirando uma mudança radical em todo o Brasil, lentamente e ainda que sob ataques constantes dos ladrões da República.

REVEJA:  Além de fazerem de conta, Tribunais de Contas viraram braços do crime organizado no Brasil

Veja a situação dos conselheiros do TCE-RJ.

Se achavam os fodões, os intocáveis, acima da lei, e achavam que jamais daria alguma coisa para eles, já que na mente dos corruptopatas, o Brasil é o paraíso da impunidade.

Erraram feio.

As coisas estão mudando.

A PF não está para brincadeira.

ESTADÃO - A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou nesta quinta-feira, 30, que quatro conselheiros e um ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) presos na Operação O Quinto do Ouro estão na Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, no Rio.

O vice-presidente da Corte de Contas, Domingos Brazão, os conselheiros José Gomes Graciosa, Marco Antônio Alencar e José Nolasco e o ex-conselheiro Aluísio Gama são alvos de prisão temporária.

A Seap afirmou que o presidente do Tribunal de Contas, Aloysio Neves, ‘encontra-se em prisão domiciliar, segundo decisão do Superior Tribunal de Justiça’. Também estão presos no Complexo de Bangu, o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) e o ex-bilionário Eike Batista, alvos da Operação Calicute, desdobramento da Lava Jato. Não são alvos da Quinto de Ouro os conselheiros Marianna Montebello Willeman e Jonas Lopes – delator que deu origem à operação deflagrada nesta quarta e ex-presidente da Corte de Contas.





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



PF DO PMDB

MUNDO: AO VIVO

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X