FCS Brasil
Arquivos Vivos FCSBR
31/05/2015   

'Meus heróis morreram de overdose. Meus inimigos Estão no poder', já cantava Cazuza.

Canção Genial de Cazuza.

Nestes tempos obscuros que o nosso Brasil passa, nas mãos de déspostas, maníacos e tarados por poder, dinheiro e o caralho a quatro. A canção Ideologia nos proporciona uma grande reflexão.

Cadê os heróis que o Brasil precisa? Estão todos 'chapados' de dinheiro, encheram o rabo de riquezas, se apegaram à comodidade do poder enquanto o povo se fode nessa merda.

De fato, se continuar do jeito que está, com o marasmo da grande massa, com a falta de coragem apelidada de pacifismo, com a ignorância e a preguiça de pensar engolindo os espíritos, com o gigante dormindo de bêbado, morreremos de velhos e não veremos porra nenhuma de mudança pra valer. Gostem ou não, este é o maldito fato.  (Emerson Rodrigues para os blogs da Mídia Livre)

Isso é Rock 'n' Roll!

IDEOLOGIA

Meu partido
É um coração partido
E as ilusões
Estão todas perdidas
Os meus sonhos
Foram todos vendidos
Tão barato que eu nem acredito
Ah! Eu nem acredito

Que aquele garoto
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Frequenta agora
As festas do "Grand Monde"

Meus heróis
Morreram de overdose
Meus inimigos
Estão no poder
Ideologia!
Eu quero uma pra viver
Ideologia!
Eu quero uma pra viver

O meu prazer
Agora é risco de vida
Meu sex and drugs
Não tem nenhum rock 'n' roll
Eu vou pagar
A conta do analista
Pra nunca mais
Ter que saber
Quem eu sou
Ah! Saber quem eu sou

Pois aquele garoto
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Agora assiste a tudo
Em cima do muro
Em cima do muro!

Meus heróis
Morreram de overdose
Meus inimigos
Estão no poder
Ideologia!
Eu quero uma pra viver
Ideologia!
Pra viver

Pois aquele garoto
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Agora assiste a tudo
Em cima do muro
Em cima do muro

Meus heróis
Morreram de overdose
Meus inimigos
Estão no poder
Ideologia!
Eu quero uma pra viver
Ideologia!
Eu quero uma pra viver
Ideologia!
Pra viver
Ideologia!
Eu quero uma pra viver

 

26/04/2015   

Não interessa o que o Estado diz. Nós falamos outra língua. Moramos em outro país!

Música de resistência>>>

Engenheiros do Hawaii, um banda do Rio Grande Sul e que ganhou destaque nacional e internacional. Seus grandes sucessos estão na boca e na memória do povo, em todas as idades e classes sociais. A música: 'Exército de um homem só', pode ser vista como uma forma de resistência aos tempos de tirania e ditadura travestida de democracia, como a que vivemos.

SAIBA MAIS SOBRE A BANDA ENGENHEIROS DO HAWAII

"Não interessa o que o Estado diz;  Nós falamos outra língua; Moramos em outro país"

Ou seja, moramos num outro Brasil, num  Brasil que luta por dias melhores, num Brasil da meritocracia, sem frescura, sem bundamolíce, realista, contra a corrupção em todos os níveis.

LETRA:

Não importa se só tocam
O primeiro acorde da canção
A gente escreve o resto em linhas tortas
Nas portas da percepção
Em paredes de banheiro
Nas folhas que o outono leva ao chão
Em livros de histórias seremos a memória dos dias que virão
Se é que eles virão

Não importa se só tocam
O primeiro verso da canção
A gente escreve o resto sem muita pressa
Com muita precisão
Nos interessa o que não foi impresso
E continua sendo escrito à mão
Escrito à luz de velas quase na escuridão
Longe da multidão

Somos um exército, o exército de um homem só
No difícil exercício de viver em paz
Somos um exército, o exército de um homem só
Sem bandeira
Sem fronteiras
Pra defender
Pra defender

Não importa se só tocam
O primeiro acorde da canção
A gente escreve o resto e o resto é resto
É falsificação
Sangue falso, bangue-bangue italiano
Suíngue falso, turista americano
Livres desta estória, a nossa trajetória não precisa explicação
E não tem explicação

Somos um exército, o exército de um homem só
No difícil exercício de viver em paz
Somos um exército, o exército de um homem só
Sem bandeira
Sem fronteiras
Pra defender
Pra defender

Não interessa o que o bom senso diz
Não interessa o que diz o rei
Se o jogo não há juiz
Não há jogada fora da lei
Não interessa o que diz o ditado
Não interessa o que o Estado diz
Nós falamos outra língua
Moramos em outro país

Somos um exército, o exército de um homem só
No difícil exercício de viver em paz
Nesse exército, o exército de um homem só
Todos sabem
Que tanto faz
Ser culpado
Ou ser capaz
Tanto Faz...

12/04/2015   

Lobão fala a real em 'A Posse dos Impostores'

Lobão, João Luiz Woerdenbag Filho, (nascido no Rio de Janeiro em 11 de outubro de 1957) e´um dos poucos músicos brasileiros que ainda fala a real, sem medo de ter medo, sem frescura, honesta e sinceramente. O cantor sempre está engajado na luta por um país melhor, inclusive indo pra rua com o povo contra a corrupção!

O Brasil precisa de mais gente como Lobão, Danilo Gentili e outros que falam o que é fato, que sabem ler a realidade pela qual passamos e buscam de alguma fora contribuir para melhorar essa bagaça.

LEIA TAMBÉM: Lobão lança música inédita

Espaço de arquivos vivos e mortos, divulgação de ideias, imagens, vídeos de internautas, reivindicações do povo entre outras coisas:  envie E-mail: [email protected] SAIBA MAIS SOBRE O FCS [+]Leia Mais

Arquivos

2018

2017

2016

2015

Dezembro

Novembro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2014

Mídia Do Povo Brasileiro!

Mídia Do Povo Brasileiro!

×

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X