FCS Brasil
Universo Realista
08/09/2017   

Bezerra da Silva é bom demais! Curta o som!

Aqui gostamos de tudo que for realista, sem frescura.

Dentro desse contexto, Bezerra da Silva é bom demais!

Curte aí malandro!

QUEM FOI BEZERRA DA SILVA?

José Bezerra da Silva (Recife, 23 de fevereiro de 1927 — Rio de Janeiro, 17 de janeiro de 2005) foi um cantor, compositor, violonista, percussionista e intérprete brasileiro dos gêneros musical coco e samba, em especial de partido-alto. No princípio, dedicava-se a gêneros nordestinos, principalmente o coco até se transformar em um dos principais expoentes do samba nos anos seguintes.[2] Através do samba, cantou sobre os problemas sociais encontrados dentro das comunidades, se apresentando no limite da marginalidade e da indústria musical. Estudou violão clássico por oito anos e passou outros oito anos tocando na orquestra da Rede Globo, sendo um dos poucos partideiros que lia partituras.[3] Gravou seu primeiro compacto em 1969 e o primeiro disco em 1975, de um total de 28 álbuns lançados em toda a carreira que, somados, venderam mais de 3 milhões de cópias.[3] Ganhou 11 discos de ouro, 3 de platina e 1 de platina duplo.[4] Apesar de ter sido um dos artistas mais populares do Brasil, foi um artista bastante ignorado pelo "mainstream".[nota 1] (WIKIPÉDIA)

08/09/2017   

Já leu 'Crônica de um amor louco' de Charles Bukowski?

Não leu?

Então leia e tire suas próprias conclusões.

CLIQUE AQUI PARA LER OU BAIXAR O LIVRO EM PDF

QUEM FOI BUKOWSKI?

Henry Charles Bukowski Jr (nascido Heinrich Karl Bukowski; Andernach, 16 de agosto de 1920 — Los Angeles, 9 de março de 1994) foi um poeta, contista e romancista estadunidense nascido na Alemanha.[1] Sua obra, de caráter inicialmente obsceno e estilo totalmente coloquial, com descrições de trabalhos braçais, porres e relacionamentos baratos, fascinou gerações que buscavam uma obra com a qual pudessem se identificar. (Wikipédia)

 

24/04/2017   

Jerry Adriani foi encontrar com o amigo Raul Seixas

Jerry Adriani morreu às 15h30 do domingo (23/04/2017), aos 70 anos, no Rio. Ele enfrentava um câncer e estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste.

Jerry foi um dos que abriu as portas a Raul Seixas. E a parceria resultou na canção 'Doce, Doce Amor'.

Agora, Jerry foi encontrar com o amigo e o mundo musical perde mais um cara 'sangue bom'.

A MÚSICA>>>

MAIS

MAIS

 

Espaço livre, alternativo e independente destinado a falar sobre talentos da música brasileira e mundial, também, sobre livros, pensamentos, estudos, pesquisas e ainda serve para divulgar as boas coisas, que prestem, bem como rever grandes obras de velhos ídolos que [+]Leia Mais

Arquivos

2017

2016

2015

Dezembro

Novembro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2014

Mídia Do Povo Brasileiro!

Mídia Do Povo Brasileiro!

×

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X